Coisa Fácil Implementar Tecnologia em Sala de Aula

Parece brincadeira, coisa fácil implementar um sistema de trabalho envolvendo tecnologia em uma escola.
Bem, apenas parece!
E embora tenha suas complexidades, a Coordenadora Pedagógica manauara de 36 anos - professora Vanessa Lima de Almeida - vem entregando-se a uma tarefa desafiadora: implantar o uso das ferramentas do pacote G Suite For Education em toda a escola onde trabalha.
O cenário é uma escola com menos de 1 ano, pública, de tempo integral, voltada ao Ensino Médio, numa área periférica da Zona Norte da região metropolitana de Manaus, de confluência na guerra de 03 facções criminosas.

Neste contexto só a presença da escola já alterou significativamente as vidas de todos na comunidade: patrulhamento policial, redução nos índices de assaltos, aquecimento do comércio local.
Mas, não só isso mudou. Mudou e vem sido mudada a maneira como escola, educação, educadores e a aprendizagem são vistos e vivenciados dentro e fora deste micro mundo.
Equipe gestora, educadores e educandos, por meio de muitas reuniões, encontros, conversas com a Coordenação pedagógica perceberam que tinham nas mãos um conjunto de facilidades que tornariam as trocas de informações, aplicações de avaliações, envio de documentos e a interatividade significativamente melhoradas.
Estas ferramentas vêm tornando o dia da escola diferente.
O uso de computadores, tablets educacionais, formulários para aplicação de avaliações objetivas vem mudando a forma como o processo de ensino aprendizagem é encarado.
Alunos e professores são agora protagonistas, juntos, de toda a construção de outros novos saberes: os saberes tecnológicos.
As famílias também são um elo integrador neste processo, tomando parte desde a 1.ª reunião de pais do ano letivo de que esse seria um ano de novas experiências no campo tecnológico.
Para essas aprendizagens são produzidas, constantemente, conversas com os alunos sobre a importância de exercerem o protagonismo juvenil no mundo virtual de modo a tornarem-se cidadãos do mundo capazes de indagar se uma notícia é verdadeira ou não, de fontes confiáveis, se o que publicam ou conversam entre si pode ser prejudicial a outros, buscando tratar das questões de Cidadania Digital a partir dos problemas e questões vivenciados por eles no dia a dia da escola.
Essas trocas são importantes para que os alunos possam fazer uso das contas Google que, em uma parceria com a Secretaria de Educação do Estado do Amazonas (SEDUC AM) tem o programa Conectar, cujo objetivo é o fomento ao uso de novas tecnologias como ferramenta educacional, pedagógico-administrativa.
As trocas feitas pela Pedagoga com os alunos são repassadas a Equipe docente em HTP`s (Hora de Trabalho Pedagógico), a fim de que todos trilhem os mesmos caminhos para a formação integral dos aprendentes.
É também nesses encontros que vêm sendo realizadas espécies de mini formações, nas quais os mestres vem desaprendendo conceitos, tendo quebrados paradigmas e aprendido novas formas de planejar, registrar, avaliar, lançar os dados quantitativos no Diário Digital - meio eletrônico dos registros de frequência e notas da rede de ensino.
Nestas mini formações os docentes redescobriram o GMail e boa parte de seu potencial de uso, e que ele é uma das portas de entrada para outras aplicações que podem e vem facilitando muito seu trabalho.
Como toda novidade, houve resistência, há dificuldades, há desafios.
Mas a vontade de superar as próprias limitações vem mostrando que o professor é capaz de ir onde ele quiser e que nada pode limitar seus avanços, senão ele mesmo.
Dia após dia, paulatinamente os docentes vêm se apropriando de conhecimentos, trocando experiências com colegas, os que aprendem mais rápido vem auxiliando os que têm mais dificuldades e, juntos constroem uma história nova e diferente dentro da escola.
Realizar a Jornada Pedagógica com o uso do Apresentações, o Planejamento Anual e Semestral com o Documentos, atividades avaliativas no Formulário, coletar dados pelo Planilhas vem, aos poucos, se tornando rotina na escola.
A responsável por essas mudanças ganhou o simpático apelido de “Garota Google” ou, mais recentemente, “Miss Google” pelos próprios colegas.
Os desafios dessa moça não acabam por aí!
Chegaram recentemente à escola 35 Chromebooks e 1 Google Wifi para dinamizar as  aulas, ainda é preciso mergulhar no universo do Sala de Aula, que passa pela geração das contas de e-mails dos novos alunos, formação e apoio à Equipe administrativa para que assumam o gerenciamento desta etapa, mais conhecimento na prática de uso do Classroom para que o suporte aos professores seja pontual e eficiente e deixar que a escola siga seu curso, que é evoluir rumo a uma educação viva, dinâmica e significativa para todos que estão dentro e fora da escola.
O GSuite chegou e, aos poucos, vem conquistando seu lugar, graças a uma Pedagoga que acredita que a tecnologia pode ser uma poderosa aliada da escola.
O trabalho ainda não acabou e tem tudo para continuar!






SEDUC - AM